domingo, 26 de abril de 2015

Dia 24.
A despedida do grupo.
Fomos num MEDIEVAL BANQUET para encerrar a noite.
Sempre acompanhados de nossa simpática, amiga e advogada FERNANDA MUNSCHY, Doutora em Direito Internacional Privado pela Universidade de Strasbourg, fomos até um restaurante próximo à Tower Bridge e nos divertimos muitos, voltando à época medievais.



E que fique a memória das boas amizades e do aprendizado que tivemos!!!

Dia 24.
Nosso último dia de atividade em Londres.
Fomos até a CITY UNIVERSITY LONDON e acompanhamos uma palestra do professor Martin Conway.
O tema foi as influências externas da memória, com enfoque especial sobre a validade do testemunho de crianças vítimas de violência sexual.


Dia 23.
Tivemos a manhã livres. Muitos foram passear e outros foram às compras...
No período da tarde, fomos até a WESTMINSTER MAGISTRATES COURTS e acompanhamos 4 audiências criminais. Essa corte é especializada em crimes de baixa complexidade, apenados com prisão de até 6 meses.


São casos julgados com muita brevidade. No último deles, um inglês foi acusado de furtar 2000 libras de seu empregador. Ele confessou o crime e diante de seus antecedentes e da defesa do advogado, o juiz o apenou a 2 meses de prisão, suspendendo o cumprimento da pena por 2 anos, período no qual não poderá se envolver em outro delito. Ele também deverá devolver o valor furtado ao seu empregador, pagando parcelas mensais de 35 libras.



Dia 22. Hoje fomos na Central Criminal Court e acompanhamos o funcionamento desta central de investigação policial. No período da tarde, conhecemos um pouco sobre a mais famosa polícia do mundo, a SCOTLAND YARD, na companhia de uma simpática policial aposentada da Scotland Yard. Conhecemos muito a sua história e visitamos prédíos importantes.





Na verdade, a SCOTLAND YARD é  quartel general da Polícia Metropolitana de Londres(Metropolitan Police Service). O nome deriva da sua antiga localização, na Great Scotland Yard, uma rua situada em Whitehall. A exata origem do nome é desconhecida mas, segundo uma hipótese, no local se encontrava a missão diplomática dos reis da Escócia.

É considerada, por muitos, a melhor polícia do mundo.


quarta-feira, 22 de abril de 2015

DIA 22.
A expectativa de hoje é para a visita a CENTRAL CRIMINAL COURT na parte da manhã.

Dia 21.
Hoje tivemos uma das experiências mais importantes do nosso curso. Visitamos uma penitenciária inglesa: WORMWOOD SCRUBS PRISON.
Construída em 1874 e com quase 2000 presos, tivemos acesso às dependências internas da SCRUBS (como ela é conhecida).
Não pudemos tirar fotos, por uma questão de segurança.


Conhecemos uma verdadeira política e reeducação do Presidiário. As dependências eram limpas e organizadas. Tudo perfeito.
Tivemos a oportunidade, inclusive, de conversar com um presidiário brasileiro, encarcerado há 4 meses, que está aguardando julgamento de um crime financeiro. Ele divide a cela com um advogado britânico. Conversamos com os dois. O brasileiro nos relatou sua rotina na cadeia, os detalhes do processo criminal e a expectativa de julgamento.
Nessa visita, nos tivemos a companhia de um dos Agentes Penitenciários, de origem portuguesa e, por isso, a conversa fluiu muito bem.
No final da visita, acompanhamos uma palestra, organizada pelo Diretor da Penitenciária, sobre a cultura muçulmana. Os muçulmanos representam 28% da população carcerária da Penitenciária e, por isso, há uma forte preocupação da Direção da Penitenciária que os valores e culturas muçulmanos sejam respeitado. Um líder religioso falou para todos os funcionários da Penitenciária, com o propósito de conscientizá-los principalmente sobre questões religiosas que devem ser respeitadas.
Só um detalhe: na Inglaterra não há visita íntima e a maioridade penal in inicia-se aos DEZ ANOS.

segunda-feira, 20 de abril de 2015

Essas são as ruas que passamos para conhecer a(s) histórias(s) de JACK O ESTRIPADOR